Atendendo a pedidos: Clube Sunbonnet – riscos para patchwork no isopor

Inauguramos o Clube Sunbonnet!

A enquete viva desde agosto tem mostrado que riscos de sunbonnet é o que mais se procura – colei de novo aqui no final deste post.

No menu Riscos, à direita, vide novo item “Clube Sunbonnet”, onde coloquei alguns para um belo divertimento.

São riscos peguei na internet e não tinham marca de propriedade – uma pena, pois gosto de citar a fonte; quem desenvolve um risco, obra qualquer, merece ser reconhecido pelo feito.

Editei de leve, como sempre gosto de fazer para deixar o patchwork no isopor mais fácil. Pra que dificultar?

Não fiz nenhum, falta de tempo, mas quem está acompanhando, que tal compartilhar sua combinação de tecidos e sua obra aqui?

Mande para mim em afinidartes@gmail.com.br. Citarei você e seu trabalho com alegria.

Fica o convite. Bem vindo!

E acompanhe pq quando der insônia de novo, só Deus e meu cérebro sabem quando, vou colocar mais coisas.

Bjo,
Alessandra

Cachorrinhos brincando – modelo de patchwork no isopor com risco!

Cachorrinhos brincando - patchwork no isoporFeita para a Isa com muito carinho, em comemoração aos seus 10 anos.

Deu muito trabalho! A caixa é 20cm x 20cm, mas os recortes são na maior parte pequenos. Se vc está começando, sugiro treinar em riscos menos detalhados, com itens/partes maiores e menos curvos.

Mas como sempre: valeu a pena.

Caixa aberta

Pra quem quiser se aventurar, vide risco na página de Riscos Infantis.

[]s, boa semana a todos,
Alessandra

Riscos para patchwork no isopor: Natal!

Risco Papai Noel

Hoje “inauguro” a página de riscos com motivos de Natal.
Inauguro os “enta” também, mas isso é outra história :)

Clique no link ou ao lado no menu: “Páginas -> Riscos – Patchwork no isopor”.

Alguns eu adaptei um pouco pro patchwork no isopor, mas valem para tudo que nossa criatividade indique.

Sugiro que quem sempre procura por riscos acompanhe o blog de vez em quando, pois sempre vou inserir outras coisas.

Meu plano essa semana é me dedicar mais um pouco para os riscos de Natal, e assim poder ajudar o pessoal que já está se preparando para dezembro, e logo em seguida virão as adoráveis bonequinhas Sunbonnets, que “ganhou” na votação de post anterior.

Tenham todos boa diversão, um ótimo domingo e que não tenhamos fila hoje para votar!

Alessandra

Pássaro – Risco adaptado para patchwork no isopor

Clique aqui para ir a nova página de riscos.

Não tentei ainda. Quem sabe até o final de semana?

Se alguém se aventurar antes, me conta ;-)

Porta-guardanapos com tulipa; risco para patchwork no isopor

Esse foi um dos primeiros trabalhos nas técnicas de revestimento em tecido (total interno e externo), e o primeiro no patchwork no isopor. Se vc tem olho pra defeito, dá um desconto pra pontinha da tulipa na foto-detalhe.

Olhe a dica! Essa eu inventei e deu certo na primeira!

Note que há um pequeno vinco na pétala de cima a esquerda, que a separa da direita.

Não houve recorte.

O efeito consistiu em passar cola de isopor sobre toda a flor, uniformemente, e em seguida pressionar sobre o detalhe (fiz com o desmanchador de costuras, mas vale palito, ponta de garfo… o que for).

Ficou um efeito interessante, resinado e natural.

Espero que seja útil pra quem tem esse vício.

Aproveite e invente :*

E agradeço que compartilhe suas descobertas comigo também ;-)

E aí vai o risco (clique na imagem para ver melhor):

Bjo,

Alessandra

Kokeshi sob Cerejeira em Flor

Essa caixa fiz para minha filha.

Dá pra ver que tenho preferência pelos desenhos de Kokeshis e Sunbonnets :) mas vou trazer uma novidade no post de amanhã: caixa de esmaltes, que fiz pra Aninha guardar suas dezenas de esmaltes chiquérrimos.

Por hoje vai modelo de uma caixa pequena, com uma Kokeshi sob a Cerejeira em Flor (o link vai para comentários de um filme maravilhoso, que indico pra qualquer pessoa).

O desenho é uma adaptação da arte de Myriam Lakraa.

Risco básico para patchwork no isopor, e dica de vídeo aula

Aí vai mais um risco adaptado para o patchwork no isopor, para quem vai começar básico.

Dica para as linhas:

  • use caneta para tecido – mais fácil
  • encaixe linhas de bordado, lãs ou mesmo tecido no espaço recortado – quanto menos espesso o material, menos profundo tem que ser o corte com o estilete
  • colar sem corte também vale!

Dica para os balões:

  • cole manta acrílica recortada sobre os balões sobre o isopor.
    A medida é um mínimo menor que o risco, para facilitar o encaixe do tecido por cima. Dá um efeito fofo e interessante.

Encontrei uma série de vídeos com aulas bastante didáticas para quem quer começar, da artesã Lu Heringer. Aliás, ela tem dicas para muita coisa em artesanato. Vale conferir.

Casal Sunbonnet – Risco para Patchwork no Isopor

Pessoal, adaptei o desenho de uma das caixinhas que fiz para quem quiser se aventurar na técnica sem se preocupar com os pequenos detalhes, que podem nos atrapalhar.

Isso também facilita no tempo para aqueles mais ansiosos por concluir a obra.

O risco original – à direita – contem um coração entre o casal.

Exclui o coração e juntei as mãozinhas deles :). Achei que ficou tão romântico quanto.

Também facilitei tirando um detalhe do menino na altura do peito, e alinhei os pezinhos.

O desenho original encontrei em sites diferentes, repetidamente.

A lua, que fiz na minha caixinha, foi feita a partir de uma tampinha de gatorade :)

Aproveite e invente.

Alessandra

Riscos – patchwork no isopor

Vou postar riscos adequados ao patchwork no isopor, já que pequenos detalhes nos riscos em geral podem dificultar muito o trabalho.

Embora eu tenha riscos, ainda tenho poucos adaptados.

Vou passá-los pro computador, ao passo que eu tenha as imagens, vou incluindo aqui, ok?

Se tiver alguma dúvida e eu puder ajudar, deixe seu recado.

Espero ajudar ;-)

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 97 outros seguidores

%d bloggers like this: